fbpx

Importância da proteção solar

Importância da proteção solar

A exposição solar é um dos principais fatores responsáveis pelo envelhecimento cutâneo e aparecimento de rugas, melasmas e marcas de expressão acentuadas. Isto porque ao estarem constantemente expostas à radiação solar, as células sofrem uma alteração na sua estrutura, o que compromete a sua renovação.

Juntamente com as mãos, colo e pescoço, o rosto é das regiões do corpo que mais sofre com a contínua exposição à luz e radiação solar. É, por isso, natural que esta seja uma das zonas mais sujeitas a envelhecimento precoce e onde os sinais de envelhecimento se podem tornar mais evidentes- principalmente quando o uso de protetor solar é desvalorizado.

Muito provavelmente, são várias as pessoas que conhece que pensam que o uso de protetor solar só é necessário nos dias mais ensolarados ou de praia, quando a exposição ao sol é mais intensa e longa. De facto, este é um mito comum, no entanto, esteja consciente de que não passa disso mesmo: um mito!

A radiação solar está presente no nosso dia a dia e estamos muito mais expostos a ela do que conseguimos, sequer, imaginar. Desta forma, o protetor solar é fundamental em todas as estações do ano: inverno incluído! Aliás, este produto é ótimo para ser usado, também, em espaços internos e fechados, uma vez que protege a pele do envelhecimento causado pela luz artificial das telas e das lâmpadas.

A aplicação diária de protetor solar tem vários benefícios, entre eles:

  • Previne o cancro da pele
    Uma das principais estratégias para prevenir o aparecimento da doença é o uso do protetor solar todos os dias no rosto e também no corpo, nas regiões que ficam mais expostas à radiação solar.
  • Controla a Oleosidade
    Os benefícios de usar protetor solar todos os dias também se podem alargar à estética. Por exemplo, estes produtos ajudam controlar a oleosidade da pele.
    Se tem uma pele oleosa, é aconselhável que opte por usar um produto com textura matte, toque seco e livre de óleos, uma vez que este permite controlar a quantidade de sebo produzido pelas glândulas sebáceas, principalmente na zona T (testa, nariz e rosto)
  • Clareia manchas na pele
    Os protetores solares ajudam a clarear as manchas da pele e a evitar o aparecimento de outras, mesmo aqueles que não têm, na sua fórmula, agentes específicos para ação clareadora.
    De facto, se for usado diariamente e reaplicado nos períodos recomendados, este tipo de produto favorece, de forma progressiva e natural, o clareamento das manchas na pele à medida que se dá a renovação celular.
  • Previne manchas na pele
    Manchas na pele – como melasmas ou marcas de acne – ficam mais intensas quanto maior for a exposição inadequada à radiação solar. Assim, o protetor solar é um importante aliado na prevenção do aparecimento dessas manchas uma vez que reduz o impacto dos raios UV na pele.
  • Evita acne solar
    Os raios solares diminuem a imunidade da pele, o que facilita a proliferação da bactéria Propionibacterium acnes e resulta no desenvolvimento de cravos e espinhas.
    Além de favorecer o aparecimento dessas marcas, o sol agrava a quantidade e intensidade das lesões, formando a acne solar. Portanto, o uso de protetor solar é essencial para prevenir esses sinais indesejados e as cicatrizes acneicas.
  • Previne o aparecimento de rugas e linhas de expressão
    A exposição solar é uma das principais responsáveis pelo aparecimento e intensificação de rugas e linhas de expressão.
    Utilizar um bom protetor, principalmente nas regiões do corpo mais expostas à radiação, ajuda a prevenir o aparecimento dos sinais de envelhecimento precoce.
  • Melhora a hidratação da pele
    Ter uma pele hidratada é essencial. Para além de ajudar a controlar os níveis de produção sebácea vai evitar, também, que esta fique ressequida e tenha um aspeto esbranquiçado e quebradiço.
    No caso de pessoas com a pele mais seca, é recomendado escolher um produto com uma textura mais cremosa e que garanta a hidratação da pele para que ela fique mais macia e saudável.
  • Disfarça as imperfeições
    Atualmente, existem diversos tipos de protetor solar que para além de protegerem a pele dos danos causados pela radiação, também lhe conferem um aspeto de maquilhagem. Exemplos disso são os protetores com cor ou em pó, que são ótimas opções para quem pretende garantir proteção e, ao mesmo tempo, disfarçar as imperfeições da pele.

E quais são os riscos de não usar protetor solar?

A importância de usar protetor solar também se justifica pelos riscos que corre se optar por não o fazer. De facto, a não utilização deste tipo de produtos apresenta uma série de consequências que se estendem para além de questões estéticas. A verdade é que a exposição contínua e desprotegida aos raios UV pode trazer várias consequências para a sua saúde.

Assim, os principais riscos de não utilizar protetor solar são:

•cancro de pele;
•queratose actínica;
•eritemas, que são como queimaduras solares que podem resultar em cicatrizes na pele;
•manchas na pele;
•alteração do ADN dos melanócitos (células produtoras de melanina responsáveis pela pigmentação da pele)
•fotoenvelhecimento;
•flacidez cutânea;
•intensificação das rugas, dando origem a uma pele envelhecida precocemente;

Em suma, a utilização de protetor solar deve ser diária e aliada a uma série de outros cuidados com a pele, como por exemplo limpeza, tonificação, hidratação e, também, procedimentos estéticos. O resultado? Uma pele luminosa, hidratada e , acima de tudo, saudável!

 Agende connosco o seu diagnóstico gratuito por videochamada. Comece já a investir em si!
📞912 983 075

ESTETICA #BEMESTAR #BELEZA #BEAUTY #SAUDE #DAILYROUTINE #ARTESTETICA #ESMORIZ

Leave a Reply

Your email address will not be published.